Food Service

Notícia

World Class Competition 2016 chega a final internacional

Conheça os 10 finalistas do Brasil e os quatro do Uruguai que concorrem a uma vaga na etapa global do maior campeonato de coquetelaria do mundo

18/05/2016

O World Class Competition– maior campeonato de coquetelaria do mundo – chega a grande final internacional inédita com representantes do Brasil e Uruguai.

 

A competição acontece nos dias 23 e 24 de maio, na Hípica Santo Amaro. Na ocasião, 14 profissionais se enfrentam em diferentes desafios: 14 bartenders, sendo 10 do Brasil e 04 do Uruguai,  concorrem a uma vaga para representar seus respectivos países na etapa global, que acontece em setembro deste ano em Miami, nos Estados Unidos.

 

Os finalistas do Brasil são:

 

São Paulo

Adriana Pino (Méz)

Adriano Lima (Barê)

Rogério Souza (Subastor)

Marcos Felix (Bar.)

 

Região Sul e Sudeste

 

 

RIO DE JANEIRO

Alice Guedes (Brigite’s)

Miguel Paes (Caverna)

 

 

CURITIBA

Lukinhas Siqueira (+55)

Diego Bastos (Officina)

 

 

 

Lukinhas Siqueira (+55)

 

 

Região Centro-Oeste, Norte e Nordeste

 

RECIFE

Luciano Melo (Loft Boa Viagem)

Marcio Felipe (Buhdakan)

 

Do Uruguai, disputam os bartenders: Adrian Guedes (Ovo Beach, Conrad), Alvaro Pereira (La Ochava), Frederico Palleiro (Radisson), Damián Silva (Dakota).

 

Durante os dois dias, os competidores serão avaliados em diferentes provas classificatórias. No dia 23, o primeiro desafio será o “Fruits & Plants”. Cada participante vai criar um drinque dentro do tema e todos os aspectos serão avaliados: uso de ingredientes, criatividade, conceito e execução. A tarde, teremos uma palestra sobre o tema com a chef Bel Coelho.

 

Em seguida, acontece o 2º desafio -  “Against the Clock”: cada competidor tem que preparar oito coquetéis em 10 minutos.

 

No dia 24, teremos a presença do embaixador da DIAGEO Arturo Savage, que irá ministrar o Whiskey Lab. A competição segue com o desafio “Seasons Summer and Winter”: a inspiração são as estações do ano – um drinque fresco para o verão e um envolvente para o inverno.

 

Após os três desafios, seis bartenders passam para o desafio final, que irá eleger o melhor do Brasil e do Uruguai. Serão 4 do Brasil e 2 do Uruguai. Nesse desafio, chamado “Around the World”, cada competidor irá preparar dois drinques: um inspirado na sua cidade ou país, que mostre sua cultura e conte sua história e outro de algum país que admire.

 

 

 

 

Seleção dos finalistas

 

 

Os concorrentes foram classificados após a realização de duas ondas do Cocktail Journey, uma das etapas do World Class. São duas edições que selecionam os finalistas, onde os bartenders precisam criar uma receita autoral dentro do tema estabelecido: em 2016 foi Tanqueray & Tonic, um dos clássicos da coquetelaria. Dos inscritos, 29 bartenders foram para a final regional.

 

Neste ano, três regiões participaram da votação: São Paulo (São Paulo), Sul e Sudeste (Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba) e Centro-Oeste, Norte e Nordeste (Brasília, Goiânia e Recife).

 

O júri, composto por profissionais técnicos do setor, jornalistas e formadores de opinião, visitou durante duas semanas todas as casas que estavam concorrendo, para avaliar o desempenho dos bartenders. A experiência foi analisada como um todo: desde o atendimento, interação do bartender com o cliente, criatividade das receitas, e tempo e qualidade de execução dos drinques.

 

 

Para acompanhar a evolução da competição nacional e global, siga os perfis do World Class no Instagram: @worldclassdrinks e @worldclassbr

 

Deixe seu comentário