Food Service

Notícia

Segunda edição do Anhanguera em off desmistifica mercado Food Service

Proposta dos chefs Ricardo Bertolin e Bete Carvalho é unificar academia, indústria e comunicação

07/07/2016

Segunda edição do Anhanguera em off desmistifica mercado Food Service

É uma verdade que os cursos de gastronomia têm ganhado destaque no setor acadêmico de muitos centros universitários renomados. Escolas especializadas e faculdades surgiram gradativamente ao longo dos últimos cinco anos. O crescimento de ingressantes na graduação chegou a 15% em 2015, com expectativa ainda maior para 2016.

 

Um dos grandes fatores que contribuíram para o destaque da figura do chef de cozinha foi a inserção da culinária de forma efetiva nos meios de comunicação, com programas profissionalizados voltados para o setor. Com o sucesso e atenção que a alta gastronomia recebeu, muitas pessoas se sentiram confiantes e confortáveis de arriscarem seguir carreira como cozinheiro profissional.

 

O mercado gastronômico pode ser altamente explorado, principalmente no campo de alimentação fora do lar. Dentro desta ideia é que a Universidade Anhanguera em parceria coma Unilever, promoveu a segunda edição do “Anhanguera em off”, com foco em sabores para este inverno.

 

A iniciativa do projeto é unir jornalistas, blogueiros e outros profissionais de comunicação para um momento de imersão dentro do curso de gastronomia. Segundo a chef Bete Carneiro, coordenadora do curso e também responsável pelo Centro de Pesquisa em Cozinha Brasileira, o evento pretende desmistificar o que seriam as aulas de gastronomia e proporcionar uma experiência de imersão no dia-a-dia dos alunos.

 

A Food Magazine participou da ideia e esteve na unidade Anhanguera na quinta-feira (7). Para blogueiros e jornalistas foi lançado o desafio de preparar uma entrada, prato principal e sobremesa, com ingredientes selecionados, entre eles produtos da Unilever. Tudo foi gerenciado pelo chef Ricardo Bertolin, que dá suporte para diversas marcas da empresa como Hellmann’s, Knorr, Maizena, Arisco e Carte D’Or.

Food Service e âmbito acadêmico

 

Foram preparados um escondidinho vegetariano, Penne com molho de tomate e Naked Cake. Em cada um deles foi utilizado um produto Unilever. Para Ricardo, a proposta serviu para aproximar a indústria dos alunos de gastronomia e mostrar que o mercado industrializado produz alimentos de qualidade.

 

Os três produtos utilizados são fabricados na forma em pó. Em primeiro, o molho de tomate que é feito à base da própria fruta, que passa por um processo de desidratação, onde toda água é retirada, restando apenas 2% do líquido. Em seguida o tomate se transforma em uma fécula que, quando misturada em água quente, se hidrata novamente formando o molho.

 

Já o purê de batatas foi feito de uma combinação de ingredientes em pó completa. A batata – que passou pelo mesmo processo do tomate -, leite em pó, manteiga em pó e sal. “Nossos produtos são naturais, desidratados e processados que traze praticidade para o dia a dia na cozinha”, afirma o chef.

 

Por último, o Naked Cake foi feito com o pó de mousse de chocolate branco, que pode ser acrescido com outras coisas como Nutella, café, Cappuccino, Açaí, ou seja, tudo aquilo que pode dar liga com o produto Unilever. Os três ingredientes de base permitem que o cozinheiro possa finalizar e dar seu próprio toque com outros temperos.

 

Ao final, os profissionais do setor de comunicação realizaram a degustação de todos os pratos que produziram. A rede Anhanguera disponibilizou todos os materiais adequados aos processos de cozimento e também para servir. “Nossa parceria com a Unilever é mostrar que o Food Service pode ser de boa qualidade e que nem todos os produtos desse setor possuem resíduos industriais ou sabor de industrializado. Além disso, mostramos aos alunos a presença de uma indústria alimentícia, mostrando que o curso de gastronomia não serve apenas para ser chef de cozinha ou consultor, mas que ele poderá trabalhar em grandes marcas de empresas do ramo”, finaliza.

 

Os participantes ainda levaram para casa uma amostra do tomate desidratado utilizado para fazer o molho.

 

 

Deixe seu comentário