Food Service

Notícia

Disposição para investir em tecnologia

Visitantes da Fispal Food Service 2015, que recebeu um grande volume de público qualificado, mantêm intenção de investir em tecnologia e capacitação para enfrentar panorama econômico

25/08/2015

Integrada com a Fispal Sorvetes e a Fispal Café, a Fispal Food Service 2015, maior feira de alimentação fora do lar na América Latina, apontou algumas tendências do setor para os próximos meses. Tecnologia, eficiência, produtos de qualidade superior, inovação e retenção de consumidores foram conceitos constantemente escutados no pavilhão do Expo Center Norte, em São Paulo, durante os quatro dias da feira, de 09 a 12 de junho, e refletiram-se também nas sete iniciativas de capacitação realizadas durante a feira, além dos lançamentos das 1.450 marcas presentes. 


Segundo a diretora da feira, Clélia Iwaki, “após um ano atípico com a Copa do Mundo, o setor de alimentação fora do lar demonstrou vitalidade e está pronto para enfrentar o atual momento econômico com energia e criatividade. Em parceria com importantes instituições do segmento, nossa programação focou em dois pilares principais: a apresentação de conteúdo relevante e a capacitação. Creio que em ambos os aspectos fomos bem sucedidos, com grande interesse e participação de nossa cadeia produtiva”. 


Destaque para o panorama do setor desenhado por uma pesquisa realizada em parceria pela Abrasel e Fispal Food Service que apontou, dentre outros, a manutenção do público que se alimenta fora do lar no Brasil, porém com uma pequena redução real no faturamento, da ordem de 2,39% (descontando-se a sazonalidade do período). “Estamos notando uma migração do consumidor de um ticket mais alto para um ticket mais em conta, mas o hábito de se alimentar fora do lar permanece”, afirma Clélia. 


O estudo indicou ainda que o setor continua investindo, uma vez que quatro em cada 10 empresários declararam realizar investimentos em seus negócios, em volume superior a 15% do seu faturamento. “A feira foi um forte indicativo disto, até porque a tecnologia é um caminho rápido e seguro para se ganhar eficiência e qualidade, tanto no atendimento, como no produto em si. Com isso, nos próximos meses, nossa expectativa inicial de R$ 550 milhões de negócios gerados na feira - apontada em pesquisa de 2014 com os expositores – deve ser superada”, ressalta a diretora da Fispal Food Service. 

 

Fispal 2015

 

O atual momento da gastronomia brasileira é tema de debate 

 

O setor food service vem sofrendo com o aumento dos preços das matérias-primas e com a diminuição do público que faz suas refeições fora de casa. E este foi o assunto central das apresentações do Espaço Gestão e Conhecimento, organizado pela Abrasel, que abordou a crise no País e discorreu sobre como os estabelecimentos do setor podem lidar com a situação, entre outros temas relevantes para o setor.


A palestra “O atual momento da gastronomia brasileira”, durante o segundo dia da feira, que contou com a participação de Josimar Melo, crítico de gastronomia; Lauraent Suaudeau, chef e consultor gastronômico; e Ricardo Castilho, jornalista da revista Prazeres da Mesa.


Os especialistas destacaram a importância de criar saídas para momentos de adversidade e ressaltaram que crises são motivadoras. “Se tem crise tem respostas, basta procurar soluções criativas”, garantiu Josimar Melo. “A crise impulsiona novas ideias”, completou Lauraent Suaudeau.


Repassar todo este aumento de custo ao cliente não é a melhor opção neste momento de redução do público. Então, a alternativa é analisar e adaptar o cardápio aos produtos que estão em oferta e às frutas da estação, tendo em vista oferecer o menor preço sem perder a qualidade. “Faça compras todos os dias, fazer substituições dá trabalho, mas tem que encontrar soluções. Tenha planilhas de todos os pratos, tudo muito bem planejado e controlado para obter o maior lucro possível”, aconselha Ricardo Castilho.

 

Novidades para a cozinha 

 

A Day Home trouxe três novos produtos para seu portfólio: Botijões térmicos da Zahav, importados da China, que conservam bebidas, como leite, chá e café, por até oito horas, e está disponível em vários tamanhos com capacidade de até 12 litros, ideal para cozinhas com grande fluxo de funcionários. Outras novidades são o liquidificador profissional da marca americana Hamilton Beach, que possui alta potência, resistência e durabilidade; e as prateleiras para câmara fria da Cambro, que oferece garantia vitalícia contra corrosão e ferrugem.

 

Tecnologia inteligente

 

Um dos lançamentos da Prática é o primeiro micro-ondas profissional, da linha Finisher, cuja potência substitui três equipamentos convencionais. De finalização rápida, programa até cem receitas e está disponível em quatro cores - inox, preto, azul e vermelho. Como em todos os seus equipamentos, a empresa preza pela robustez e maior vida útil. Outro lançamento é o TSI, uma versão ainda mais inteligente do TS. O equipamento realiza diversos tipos de cocção ao mesmo tempo, fazendo tudo sozinho, e permite atualizar as receitas programadas. A empresa trouxe também para o Brasil os fatiadores da marca italiana Sirman, que proporcionam um deslizar e manuseamento fácil, que reduz ao máximo as sobras, evitando o desperdício. 

 

Fogões industriais

 

A Metalúrgica Roa reforçou sua marca apresentando sua linha de fogões industriais e seu lançamento de cinco bocas com forno.

 

Linhas modulares

 

A Cozil destacou a mini câmara de armazenamento de alimento compacta e a câmara desmontável. A vantagem é a flexibilidade para ser incorporado em qualquer espaço. A empresa, que tem uma linha compacta para espaços reduzidos, como estabelecimentos em shopping centers e food trucks, apresentou também sua linha gourmet de cocção compacta e modular, que se adapta a locais menores. 

 

 

Fatiadora eficiente

 

A ABM Sudamérica trouxe a fatiadora e interfolheadora de laticínios Lotis 240, que produz 240 fatias de queijo por minuto. O equipamento já intercala as fatias com plásticos para evitar que elas grudem uma na outra. Também permite definir espessura e velocidade, especificações que podem ser programadas.

 

 

Fatiadora e interfolheadora de laticínios Lotis 240

 

Equipamentos para massas

 

A Skymsen – Metalúrgica Siemsen, que atua há 52 anos no Sul do País, possui uma ampla linha de produtos para o mercado de bares e restaurantes, especialmente para panificadoras e sorveterias. Um dos lançamentos apresentados na feira é a máquina de abrir massa de pizza. Abre de seis a oito massas de 30cm. A Siensem também lançou o liquidificador de baixa rotação para massas mais pesadas em monobloco sem solda que elimina porosidades e garante uma melhor higienização, evitando que com o tempo proliferem bactérias provenientes de restos de comida. O equipamento, que tem um baixo nível de ruído e motor de alta performance que permite o uso contínuo, já pertencia a linha da Siensem, a novidade agora é a tampa com sensor que evita acidentes, muito comuns na cozinha. 

 

Gestão à distância

 

A Casa Magalhães, que atua nacionalmente há 49 anos, apresentou ao mercado o Easy @ssist, uma plataforma de atendimento para dispositivos móveis, que permite que o cliente faça o pedido através do sistema.  O software promove maior interatividade com clientes e maior velocidade no atendimento através de dispositivos móveis - smartphones e tablets IOS e Android – e está disponível tanto na versão para o cliente como para o garçom. A empresa possui escritórios em São Paulo e Fortaleza, mas tem representantes em todas as capitais brasileiras.

 

Decoração personalizada

 

A Carlos Tanzilo fabrica artigos diferenciados para restaurantes. Um dos destaques foram as lousas personalizadas, que podem ser feitas sob medida, com diversas temáticas. Há anos no mercado, a empresa garante um rápido prazo de entrega.

 

 

 

 

 

Caixas térmicas multiuso

 

A Bruving criou um protótipo para feira, que dependendo da resposta do consumidor, será comercializado. A empresa faz diversos testes até chegar ao produto que atende melhor ao transformador. A novidade desse ano são as caixas térmicas com grades personalizadas para cada formato de marmita de isopor utilizada, solucionando o problema do transporte de alimento. Outra criação da Bruving são as caixas com divisão para quente e frio, permitindo o transporte de diferentes alimentos em uma mesma térmica. Com o retorno positivo do público em relação aos protótipos, a empresa pretende lançar esses produtos.

 

 

Caixas Térmicas Bruving

240 litros de suco por hora

 

A Orange Xpress expôs sua tradicional máquina automática extratora de suco, a única da categoria em aço inox 304 escovado, que produz 240 litros por hora e tem capacidade para 40 frutas, como laranja, tangerina e limão, por minuto.

 

 

Soluções em café

 

Participando pela primeira vez da Fispal Food Service, a JJ Foods apostou alto e montou o maior estande da feira. Um dos destaques do espaço foram as máquinas automáticas suíças Franke Coffee Systems que a JJ Foods trouxe para o Brasil. Robustas e eficientes, as máquinas são equipadas com telas altamente resistentes e bem desenhadas, e têm um toque sensível que facilita o manuseio. Produzem mais café que as tradicionais, levando em consideração a grande quantidade de grãos e o sistema que mói o café no momento exato do preparo. Além disso, a quantidade precisa de pó evita desperdícios e permite um aumento de até 25% na produção e receita do cliente.

 

Tendências em sorvetes

 

Para atender ao público que se preocupa com uma alimentação saudável, a Blend Coberturas apresentou três tipos de sorvete soft italiano: tradicional, sem açúcar, e sem lactose e gordura.

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário