Food Service

Notícia

Visão influencia escolha de pratos; saiba empratar e decorar para alavancar seu negócio

Chefe, consultor e docente em gastronomia, Marcos Roberto Barreto dá as dicas para mandar bem na hora de servir um prato

31/10/2016

É comprovado cientificamente que a aparência dos alimentos influencia diretamente na escolha dos pratos. Uma boa foto, conhecida como Food Styling, é capaz de atrair a atenção dos clientes, somente pela apresentação.

 

Porém, o ato de servir uma boa comida, empratada, bem decorada e com detalhes que prendem a atenção, é uma arte dominada por poucos. Existem diversos cursos que ensinam como montar uma refeição, além de aulas de fotografias Food Styling.

 

Um dos principais fatores que influenciam na montagem é a louça que será utilizada. O tradicional não está totalmente fora de moda, mas peças com formatos variados se popularizaram nos últimos anos, como aponta o chefe e consultor, Marcos Roberto Barreto.

 

 

“Formas geométricas e abstratas são as mais usadas hoje em dia. Se o prato não estiver bem apresentado, o cliente, na maioria das vezes, deixa quase toda a comida ou nem volta ao restaurante. Primeiro comemos com os olhos”.

 

Alguns pratos podem ser deliciosos, mas não possuem apelo visual. Nessa hora fica a cargo do chef incrementar o prato com ervas, especiarias, cascas de legumes entre outras táticas que ajudam a deixar o prato mais colorido. Porém, Marcos orienta que o uso desses ingredientes só pode ser feito se harmonizar com o prato. “Se for para decorar e depois descartar, é desperdício.

 

 

Dicas para decorar melhor seus pratos – por chef Marcos Roberto Barreto

 

1 – Faça cursos, compre livros sobre Food Styling, estude sempre e veja quais são as novas ténicas do mercado;

 

2 – Fique de olho nas gafes e fuja delas: não monte sopas, caldos, guisados, risotos, massas em pratos rasos;

 

3 – Não monte pratos muitos cheios e nem decore com flores de tomares ou outro legume que serão descartados;

 

4 – Não coloque folhas em cima de ingredientes quentes;

 

5 – Não use ingredientes que não irão harmonizar com o prato principal;

 

6 – Explore texturas diferentes.

 

Deixe seu comentário