Food Service

Notícia

Toscana e seus vinhos entre os melhores do mundo

Texto e fotos: Eduardo Andreassi

19/12/2016

A Toscana concentra a “nata” das melhores e mais famosas vinícolas no mundo inteiro - que foram passadas de geração em geração e permanece nas famílias e com o mesmo processo de elaboração até os dias de hoje.

As cidades e comunidades medievais de Siena, Gaiole in Chianti, San Gimignano, Montalcino, Lucca, San Quirico d'Orcia e Pienza - tombadas pela UNESCO e algumas delas pertencentes ao Vale D’Orcia  - produzem os mais de 200 tipos de rótulos diferentes de vinhos feito por pequenos produtores, fazendo com que isso ajude a manter a qualidade de seus vinhos.

Por onde andamos na região vimos vinhedos e olivais espalhados por toda a região. Mundialmente conhecidos devidos à qualidade, seja nas cantinas, nas vinícolas ou mesmo nas lojas, você irá experimentar um dos melhores e mais tradicionais vinhos do mundo. 

Contribuem para isso a qualidade incontestável de seus vinhos na região da Toscana – suas uvas derivam da casta Sangiovese; o solo e clima são propícios à qualidade dessas uvas; a produção é artesanal e há um controle rígido de rendimento das videiras; o trabalho cauteloso, que inclui colheita manual feito pelos produtores – e a baixa do Euro, o que barateia o produto. Também contribui aqui no Brasil a alta do consumo do vinho pelos apreciadores.

Nos mais de 300 produtores da região, não há emprego de agrotóxicos em suas produções.  Muito pelo contrário: há um cuidado extremo para garantir a qualidade de cada safra produzida. Entenda-se que produzir neste caso significa plantar, colher, fazer o vinho, envelhecer em barril de carvalho, rotular, engarrafar e distribuir.

Envelhecimento em barril de carvalho

Antes de o vinho ser comercializado, ele passa por um rigoroso processo de armazenamento e envelhecimento, que varia conforme o vinho e seu produtor.

Brunello: 12 meses em aço inoxidável, 36 meses em barricas de carvalho de grandes dimensões e 12 meses em vidro.

Orcia Rosso: 12 meses em aço inoxidável, 12 meses em barricas de carvalho grandes de Eslavônia, 8 meses em vidro.

Orcia Capitoni: em barricas durante 24 meses, em seguida, em garrafa por mais 12 meses em ambiente condicionado.

Orcia Frasi: uma pausa de duas semanas em aço inoxidável e posteriormente 24 meses em barris de carvalho. 

Destacamos três produtores distintos que vem ganhando mercado com seus respectivos vinhos – a vinícola Conti Costanti, produtora histórica desde 1865, está situada em Montalcino; a vinícola SassodiSole, localizada ao norte da comuna de Montalcino e a vinícola Capitoni Marco Azienda Agraria, localizada em Pienza, ambas na província de Siena e na região do Val d'Orcia.

Seus maiores clientes são o mercado italiano, os Estados Unidos, vários países da Europa e Japão.

 Conheça essas vinícolas italianas

Vinícola Conti Costantiproduz um verdadeiro clássico no mundo dos vinhos, sendo considerado um dos melhores do mundo.

Pertencente a uma família tradicional da região de Siena e Montalcino, é uma das percussoras e responsáveis pelo nome Brunello di Montalcino e produção desses vinhos.

Produtora desde 1865, é administrada atualmente por Andrea Costanti, representante da 6ª geração da família, na qual preserva à risca e não mede esforços para seguir a tradição dos antepassados e cultivar 100% de uvas Sangiovese a uma altitude de 440 metros acima do nível do mar.

Esses fatores, aliadas a um solo com predomínio de Galestro (solo fértil), resultam em um vinho elegante, fresco e de aroma excepcional.

No mesmo local, oferece visitações e expandiu suas instalações para a prática do Agroturismo, proporcionando hospedagem a quem quiser vivenciar tudo isso de muito perto. Uma experiência única.

Vinícola SassodiSole – Uma empresa familiar, produz vinhos desde 1900 (aproximadamente), sendo que hoje está na 4ª geração, administrada por Roberto Terzuoli, agrônomo. A família Terzuoli vem de uma tradição agrícola antiga; registros remontam pelo menos ao início do século XVII.  

Uma seleção manual cuidadosa das uvas Sangiovese e um processo de envelhecimento em barris de cascos de carvalho, são um dos cuidados que a família Terzuoli tomam para buscar uma melhor qualidade em relação ao Montalcino típico.

Produz três tipos de vinhos – Orcia Rosso, Rosso di Montalcino e Brunello de Montalcino – com uma produção em torno de 40mil garrafas/ano.

Ao longo dos anos tem conquistado vários prêmios de supra importância, dando mais notabiedade ao produto.

Vinícola Capitoni Marco Azienda Agraria – Localizada em local priveligiado - Val d'Orcia é conhecida em todo o mundo, sendo declarado "Patrimônio da Humanidade" pela UNESCO – está a menos de 200km de Roma, 70km de Siena e 120km de Florença.

Produz três tipos de vinhos Rosso - tipicamente Toscanos - derivados das uvas Sangiovese. O Trocolone, Capitoni e Frasi, totalizando uma produção de cerca de 20mil garrafas/ano.

Tem aumentado significamente sua produção e qualidade na última década, quando aumentou a área de plantio, escolheu um terreno mais propício – uma terra mista repleta de  muitos fósseis que datam de milhões de anos atrás, quando ainda era o mar – e investiu em mais estudos e tecnologia. O resultado veio com o tempo, proporcionando aumentos significativo da quantidade e principalmente da qualidade do vinho.

Visitações e harmonizações 

Uma das coisas que poucos sabem é que é possível visitar cada uma dessas vinícolas e degustar seus vinhos. Basta agendar um dia e saborear o que a Toscana irá te oferecer.

Seja qual for a bebida de Baco, o resultado é um vinho intenso, encorpado, de aroma forte e elegante, que harmonizam bem com queijos, massas, assados de carnes vermelhas e cozidos.

Há sempre uma boa oportunidade para abrir uma garrafa de vinho, ainda que você não tenha nada adequado, afinal,  você pode beber sozinho e se dar esse prazer.

E ao contrário do que muitos pensam e muitos outros desconhecem, explorar a Toscana é algo possível de ser feito em qualquer época do ano, afinal a riqueza e a variedade do ambiente proporcionam diversas oportunidades.

Dicas:

  • Experimente vivenciar tudo isso com o Agroturismo, algo muito comum nessa região. Muitas dessas vinícolas oferecem esse serviço.
  • Alugue um automóvel. Ainda que você se desloque de ônibus ou trem das grandes cidades até essas regiões, somente com um carro você poderá tirar o máximo proveito em seu passeio.

 

Agora, é só planejar, realizar e vivenciar um pouco da Toscana!

Crédito fotos: Eduardo Andreassi

 

 

Importadores e distribuidores no Brasil

Fontaleoni  (Importadora e Distribuidora Mistral)

Loc. Santa Maria

53037 San Gimignano    www.fontaleoni.com

Tel. 0577 95.01.93

 

 

 

Biondi Santi  (Importadora e Distribuidora Mistral)


Tenuta Greppo

Jacopo Biondi Santi

Villa Greppo 183 Montalcino 

Tel 0577 848087

www.biondisanti.com

 

Andrea Costanti  (Importadora e Distribuidora Mistral)              

Colle al Matrichese                              

53024 Montalcino (Si)    

Tel +39 0577 848195

www.costanti.it


Capitoni Marco

Podere Sedime 63,
53026 - Pienza (SI)

email: info@capitoni.eu


             

           

Sasso di Sole
Podere Sasso di Sole 85O
loc.Torrenieri – Montalcino

info@sassodisole.it
www.sassodisole.it

 
ph 0577 834303 mob  320 2155091   

 

*Eduardo Andreassi é jornalista, fotógrafo, apreciador de vinhos e da boa gastronomia, principalmente a italiana.Trabalha parte do tempo no Brasil e outra parte na Itália, prestando assessoria de comunicação para algumas vinícolas e restaurantes, entre elas as vinícolas SassodiSole e Capitoni, na Itália.

Deixe seu comentário