Publicidade

Food Service

Notícia

Seu buffet com comida fresca e saudável

Veja como evitar a contaminação dos alimentos em sistemas de self service

12/08/2015

 

Restaurantes que oferecem serviço de bufê ou comida por quilo precisam ficar de olho nos balcões de distribuição, para garantir que os clientes se alimentem de maneira segura, sem contaminação. Confira algumas dicas para evitar deslizes e deixar o consumidor se servir com tranquilidade:


- Deixe disponíveis pegadores de cabo longo, para manter as mãos dos clientes longe do recipiente de comida.

 

- Para evitar qualquer contaminação, fique de olho nas temperaturas. Alimentos quentes expostos precisam ficar a 60°C por, no máximo, 6 horas. Já os alimentos frios não podem exceder os 5°C e precisam de reposição após 4 horas.

 

- Em caso de problemas com a temperatura dos réchauds ou das opções frias, faça trocas a cada 2 horas. É esse o tempo de segurança para que o alimento não seja infectado por bactérias.

 

- Se os balcões ou aparadores que mantém os alimentos tiverem iluminação própria ou logo acima das travessas, certifique-se que as lâmpadas estão dentro de suportes completamente fechados. Isso reduz o risco de contaminação e acidentes em caso de explosão.

 

- Todos os réchauds precisam ter tampas próprias. Fora do horário de pico, mantenha-os sempre fechados.

 

- É obrigatório, para todo restaurante que oferece o serviço de bufê, a instalação de protetor salivar nos balcões de distribuição. O anteparo de vidro ou acrílico evita que partículas de saliva, espirros ou pelos dos clientes contaminem os alimentos expostos.

 

- Não exagere na quantidade de comida disponível nas cubas. Alguns alimentos, como massas ou preparações com molho, podem cozinhar demais ou ressacar após determinado tempo. Porções menores permitem reposições frequentes.

 

- Coloque um suporte para apoiar os pegadores.

 

- Coloque identificação em todas as opções do bufê. Assim o cliente não precisa ficar mexer na preparação ou se aproximar demais para saber o que é.

 

- Ofereça os talheres dentro de saquinhos plásticos lacrados, para impedir a contaminação. Se este procedimento for indisponível, coloque os cabos para cima ou virado para o cliente. Isso evita o contato direto com a parte do talher que será colocada na boca.

 

- Procure sempre repor a cuba ou travessa inteira, para não misturar o produto novo com aquele que já estava exposto há horas.

 

- Mantenha um funcionário supervisionando o bufê.  O responsável pela tarefa deve ajudar e tirar as dúvidas dos clientes, verificar as reposições, observar as temperaturas dos alimentos e garantir que o local esteja sempre limpo.

 

DICA

Não é qualquer lâmpada que pode ser utilizada nos balcões de distribuição. Para os alimentos quentes, o ideal é que sejam as lâmpadas halógenas ou de infravermelho. Estas opções ajudam a conservar a temperatura das preparações! 

 

Fonte: unileverfoodsolutions.com.br

Deixe seu comentário