Publicidade

Food Service

Notícia

Setor de alimentação está entre os negócios mais promissores para 2015

É o que revela estudo do Sebrae,que usou dados do Banco Central, FMI e Receita Federal

31/03/2015

O baixo crescimento da economia brasileira assustou os empresários em 2014, mas apesar disso, foram criados mais de um milhão de negócios no país, no ano passado.

 

Os Microempreendedores Individuais (MEI) resolveram sair do fundo de quintal e decidiram se formalizar. A informação é de um estudo divulgado pelo Sebrae, e a tendência de formalização de negócios deve continuar em 2015.

 

A pesquisa foi feita com base em dados do Banco Central, do Fundo Monetário Internacional (FMI) e da Receita Federal. Ela também indica que alguns setores da economia prometem ser lucrativos este ano, apesar do ambiente menos favorável que nos últimos tempos.

 

Segundo o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, são atividades ligadas às necessidades básicas da população. Entre elas estão os setores de alimentação, construção (pequenas empresas de edificações e obras de reparação); instalações (elétrica, sanitária, hidráulica e gás); estética; reparações (veículos, computadores e equipamentos de informática); bijuterias; reciclagem; e vestuário.

 

De acordo com Barretto, o comércio virtual também é uma tendência para 2015. 

Deixe seu comentário