Food Service

Notícia

Setor de alimentação é um dos mais procurados

Saiba porque o segmento é o terceiro que mais cresce no franchising

14/07/2014

Entra ano, sai ano e o mercado de franquias é moldado pelas flutuações econômicas, novos mercados e até eventos importantes como a Copa do Mundo, que neste ano está sendo sediada no Brasil. Nas mais diversas mudanças, um setor sempre se mantém no topo: a alimentação. “Mesmo com grandes solavancos econômicos, ele é um dos que não é afetado tanto”, afirma Filomena Garcia e sócia da Cherto Consultoria e diretora da Franchise Store.

 

Os números comprovam: em 2013, o setor de alimentação faturou cerca de R$ 24 bilhões e ficou em terceiro lugar no mercado de franquias. O valor representou um crescimento de R$ 16,6% em comparação a 2012. A quantidade de franqueadoras também apresentou um crescimento de 11,2%, totalizando 637 redes disponíveis no mercado. O número de unidades abertas também foi positivo, com alta de 25%.  Filomena, da Cherto Consultoria, listou algumas razões para escolher esse setor para investir:

 

1. A alimentação fora do lar vem crescendo consistentemente nos últimos cinco anos, provando que as redes de franquias são uma das opções mais buscadas pelos consumidores. Mais de 30% dos gastos das famílias com alimentação foram feitos fora de casa.

 

2. As redes começam a oferecer modelos baratos e com operações mais simplificadas, o que ajuda empreendedores com pouca experiência no setor ou pouco capital para investir.

 

3. A variedade de culinárias e modelos também atrai diferentes perfis de empreendedores. É mais fácil encontrar uma rede que se encaixe nas expectativas e características de quem quer investir em uma franquia.

 

4. Novas tendências como a “gourmetização” e as redes monotemáticas conquistam pessoas com ideias diferentes ou com novas estratégias para negócios já estabelecidos.

 

5. O setor de alimentação tem criado um ambiente propício para inovação, seja nos tipos e opções de pratos servidos, seja no atendimento, modelos e tecnologia. (Fonte: PEGN)

Deixe seu comentário