Food Service

Notícia

Restaurante de sucesso apresenta tendências para o setor de alimentação fora do lar

Espaço montado pela Abrasel, durante a Feira do Empreendedor, lotou em todas os horários de visitas

24/02/2017

A Abrasel marcou presença pelo segundo ano consecutivo na Feira do Empreendedor com o restaurante de sucesso, uma parceria com o Sebrae, que visa transmitir gestão e conhecimentos aos futuros empreendedores e resultado financeiro para os que já atuam no setor.

Neste ano, o Restaurante de Sucesso – um restaurante real, com toda estrutura e mobiliário específico, representados pelos produtos, lançamentos e serviços de diversos parceiros abordou o modelo de negócio voltado ao Natural Food – Restaurante Saudável com multisserviços. A proposta é de um negócio de alimentação fora do lar que permite operações durante os períodos de maior tráfego de consumo, e em que o cliente opta por ficar e consumir ou levar para consumir, take away, muito popular na Europa e no Japão.

O restaurante de sucesso foi dividido em quatro pontos de venda: Conveniência (alimentos e refeições prontas); buffet com alimentos para consumo no local ou para levar; pizzas e massas; café.

Os visitantes puderam circular pelos ambientes, observar as possibilidades de negócios e tirar as dúvidas de gestão com os consultores do Sebrae. Os tópicos abordados foram: definição de cardápio; localização; público alvo; estrutura; equipamentos e utensílios; matéria-prima/mercadoria; pessoal; treinamento e planejamento de compras.

“A ideia foi apresentar um modelo de negócio que atenda o movimento diário de pessoa, com dois turnos de funcionários. Muitos negócios têm ociosidade de mão de obra em alguns períodos, justamente porque não tem produtos adequados para vender durante todo o dia”, afirma Karyna Muniz, consultora do Sebrae-SP.

Dicas Sebrae – tendências que foram abordadas no restaurante de sucesso

Saudabilidade e bem-estar: origina de fatores como o envelhecimento das populações, as descobertas da ciência que relacionam dietas à prevenção de doenças, bem como ao estilo de vida nas grandes cidades.

Conveniência e praticidade: motivada pelo ritmo de vida nos centros urbanos e pelas mudanças que ocorreram na estrutura familiar tradicional, estimulando a demanda por produtos que permitam a economia de tempo e reduzam o esforço por parte dos consumidores.

Sustentabilidade e ética: surgimento de consumidores preocupados com o meio ambiente e instigados a contribuir com as causas sociais, apoiando a aquisição de alimentos produzidos em pequenas comunidades agrícola/produtor local.

Economia AFL

Segundo a Abrasel, o setor de Alimentação Fora do Lar fechou 2016 com faturamento de R$154 bilhões. Uma pesquisa realizada pela associação aponta que no ano passado, bares e restaurantes tiveram crescimento nominal de 3,47% contra perdas reais da ordem de 3,75% (6,29% de inflação), em comparação com 2015 (R$149 bilhões – 7% de crescimento nominal e 3% de queda real devido a inflação de 10%).

 

Deixe seu comentário