Food Service

Notícia

Quando um hobby vira empresa: O Mattadouro oferece hambúrguer caseiro e molhos especiais

Idealizador do negócio, Duda Matta é amante de churrasco e começou cozinhando para amigos

20/10/2016

Ter talento na cozinha é muito bom. Imagina só se você gosta de cozinhar, chama uns amigos em casa e prepara hambúrgueres deliciosos. Depois de um tempo seus amigos começam a pedir para você faça hambúrgueres para eles, de tão bons que são. De repente a coisa toda explode e, quando olha, já está lucrando com uma atividade de lazer.

Foi o que aconteceu com o empresário Duda Matta há pelo menos um mês. Apreciador de boas carnes, Duda revela que sempre gostou de preparar churrasco, principalmente para os amigos. O processo demorou dois anos para dar vida ao O Mattadouro, que hoje oferta hambúrgueres congelados por encomenda.

“Há uns dois meses, em uma dessas recepções de amigos, quis fazer maionese de bacon crocante, mas não deu muito certo. Mas meus amigos começaram a pedir mais para colocar no hambúrguer”, relembra.

 

 

Com a faísca do empreendedorismo, Matta se viu em um dilema. “Pensei que isso poderia dar dinheiro, mas como conciliar isso com o meu trabalho normal?”. A primeira tentativa aconteceu em um jantar, onde preparou kits de carnes congeladas e molho para acompanhar. Cada cliente dava o toque final em casa.

Para testar a possibilidade do negócio, Matta fingiu ter comprado os hambúrgueres e postou no Facebook. A essa altura a empresa já tinha nome e identidade visual. “A postagem fez um considerável barulho. As primeiras encomendas já saíram sem nem ter preço”.

Crescimento gradual  

Em uma semana de funcionamento foram 30 encomendas. Na segunda, 150 e na terceira, mais 50. Já nesta semana, até terça-feira (18), já eram 40 pedidos. “Isso fora os molhos, que boa parte das pessoas pedem”, ressalta.

Em boa parte dos pedidos os clientes solicitam os molhos. Por enquanto os sabores disponíveis de hambúrgueres são: fraldinha 220g; fraldinha 120g; pernil/calabresa 120g; costela 120g. Já os molhos que acompanham aparecem nos sabores bacon crocante, alho com queijo branco, tomate seco com provolone e cebola.

 

 

O objetivo de Matta é evoluir para uma hamburgueria. O empresário já está estudando ponto fixo. “A ideia é deixar o próprio negócio bancar essa evolução. E como hoje moro no interior (Piracicaba-SP), dá para testar o modelo em um mercado menor. A ideia é ter o toque gourmet sem a chatice dele e trabalhar mais na qualidade”.

Atualmente, as pessoas podem retirar suas encomendas diretamente com Duda. Porém, ele já fez testes de Delivery e deve ampliar o método de venda em um curto prazo. Mesmo começando a partir de um hobby, Matta já dirigiu um restaurante e fez parte de outros processos de gestão, o que facilita na hora de acelerar o processo de abertura e expansão de uma marca. 

 

Deixe seu comentário