Food Service

Notícia

No dia garçom, conheça grandes histórias e saiba as funções deste profissional, que vão muito além de um simples atendimento

Data é comemorada no dia 11 de agosto; profissão é originária da França, aonde surgiram os primeiros restaurantes

10/08/2016

Bastante conhecida, a profissão de garçom é uma das mais importantes dentro de um restaurante e deve ser valorizada. Tanto é que já foi um dos destaques do maior sucesso do cantor Reginaldo Rossi. 

Além disso, são eles os responsáveis por, muitas vezes, anotar pedidos, certificá-los de que cheguem da maneira correta, sugerir o melhor prato ou alinhar a vontade do cliente junto ao cardápio e até mesmo conseguir descontos ou cortesias. No final, ainda pode garantir uma gorjeta.

Atendimento é tudo pode parecer uma frase clichê, mas é realmente o ponto importante em um negócio gastronômico. A comida pode ser boa, mas é por causa de muitos garçons que os clientes voltam pela segunda, terceira, quarta vez.

O garçom tem um dia especial no calendário, no dia 11 de agosto. Em Florianópolis, acontece todo ano a tradicional corrida de garçons e garçonetes. O evento está em sua 17ª edição e aconteceu no último dia 8, reunindo 48 profissionais.

Histórias

O garçom é uma das funções que possui mais de 200 anos na história, praticamente surgindo na França, onde surgiram os primeiros restaurantes, logo após a revolução Francesa. Até hoje, muitos sustentam suas famílias por meio dessa profissão.

Esse é o caso de Oscar Niemeyer – mas não se trata do arquiteto. Seu bisneto, com o mesmo nome e de apenas 21 anos, exerce a função no Bar Lagoa, no Rio de Janeiro. O trabalho é recente, porém, Oscar afirma que quer continuar trabalhando no local. Afinal, seu desejo é poder pagar os estudos.

Já o garçom Pedro Carlessi, de 51 anos, conheceu de perto diversos presidentes da República, após a redemocratização. Em mais de 30 anos de profissão, serviu a todos eles. Estão na lista José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva. Somente Itamar Franco ficou de fora. Com tamanha experiência, tornou-se referência para os colegas. “Nesta profissão conhecemos muitas pessoas e diferentes culturas”, explica.

Osmar Silva é maître do Terraço Itália há 41 anos. Já foi ajudante de garçom e por trabalhar em um dos locais mais badalados de São Paulo, já presenciou grandes histórias, como é o caso dos inúmeros pedidos de casamento que assistiu. Clique aqui para conferir a entrevista completa.

Apesar de parecer simples, a função de um garçom vai muito além de um atendimento ou leva e traz de comes e bebes. O expediente é puxado e muitas vezes ajudam no encerramento e fechamento do bar ou restaurante, bem como auxiliam na higienização. Em fins de semanas mais badalados, o trabalho se estende até a madrugada.

Por isso esse profissional deve ser valorizado. Afinal de contas ele ajuda muito a fidelizar o cliente e garantir um bom atendimento, além de proporcionar um bom ambiente para se frequentar. Feliz dia do garçom! 

Deixe seu comentário