Food Service

Notícia

Empresas apostam em lançamentos para o food service

Cargill, J.Macedo e McCain revelam seus novos investimento e produtos para o setor

22/06/2014

Para acompanhar o desenvolvimento do mercado de alimentação fora do lar e aumento da demanda por novos produtos que atendam as necessidades dos operadores, as empresas da indústria alimentícia têm apostado na ampliação de seus portfólios voltados exclusivamente para profissionais. Os investimentos alavancam o setor e beneficiam tanto a indústria fornecedora como transformadores.

 

A J.Macedo retomou em 2013 a divisão Food Service, negócio que está contribuindo com o crescimento da empresa, gerando empregos e aquecendo a economia. “Estamos completando um ano de retorno ao mercado de panificação, com a linha de produtos Dona Benta Profissional, que é composta de Farinhas de Trigo Especiais para Panificação, Farinhas de Transformação, Misturas de Pães, Reforçador, Fermento, Misturas para Bolos e Creme de Confeiteiro. A divisão tem superado suas metas e a categoria de Farinhas e Farelo representou 47,1% da receita bruta da Companhia no quarto trimestre de 2013, sustentada principalmente pelo reingresso no segmento de Food Service. No ano de 2013, o total de investimentos da Companhia somou R$ 80,3 milhões, e a empresa continua investindo substancialmente no desenvolvimento de seus segmentos em 2014”, revela Areadne Zorzetto, gerente de Produto Food Service J.Macedo.

 

Jayme Chataque, gerente comercial da Cargill Food Service conta que o negócio de Food Service representa aproximadamente 10% de todo o negócio de Foods da Cargill Brasil e tem crescido às mesmas taxas do mercado de alimentação fora do lar. “A Cargill Food Service tende a prosperar cada vez mais, agora com um portfólio completo e com diversas novidades que ainda estão por vir. Nossos planos para o futuro são de continuar investindo em inovação e na ampliação do nosso portfólio de produtos (tanto de prateleira quanto produtos customizados para key accounts), além de trabalhar na consolidação dos últimos lançamentos realizados, como Maionese Liza Chef, Molho Liza Barbecue, gorduras Al Chef, além dos recheios e coberturas Doce Chef”.

 

Recentemente, a empresa adquiriu a linha de Atomatados da Unilever também para o Food Service e a comercialização de produtos sob as marcas Elefante, Tarantella, Pomarola e Pomodoro em embalagens institucionais, dobrando o negócio da Cargill de tamanho. Chataque ressalta que a empresa também tem investido na comercialização de produtos de parceiros, que é o caso do recente início da distribuição dos chás Twinings, um produto AB Foods que, assim como Ovomaltine, é distribuído pela Cargill para o mercado de food service.

 

Já a McCain tem focado em trazer para o mercado brasileiro produtos e inovações que já fazem sucesso nos Estados Unidos e Europa, como o caso da batata-canoa. "A batata frita já tem uma grande penetração no mercado de Food-Service, estando presente na maior parte dos estabelecimentos. O custo por quilo do nosso produto frente a outros alimentos já é relativamente baixo, além disso, oferece praticidade e melhor rendimento em comparação ao produto in-natura, fatores que contribuem para a redução do custo final do prato", afirma Fernando Munhoz, gerente nacional de Vendas FoodService da McCain.

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário