Food Service

Notícia

Empresa entrega marmitas em escritórios por R$ 15 e dá bebida e massagem

A Marmotex vende marmitas para escritórios, mas só realiza entrega para grupos cadastrados no site; de acordo com os sócios, há 116 opções entre comida típica brasileira, oriental, árabe, mexicana, vegetariana e light

12/04/2016

 

O administrador de empresas Peter Chun, 29, e o engenheiro Clayton Oliveira, 23, gostavam de comer juntos no trabalho. Pediam a comida por telefone, mas nem sempre faziam a refeição juntos porque um pedido chegava antes do outro ou vinha errado. Resolveram transformar a dificuldade em um negócio e criaram a plataforma Marmotex, em outubro de 2014, em São Paulo.

 

O site reúne 15 restaurantes e atua com a entrega coletiva de marmitas, ou seja, ele atende somente grupos de pessoas que trabalham em escritórios cadastrados no site, e que estão localizados nos bairros Vila Olímpia, Brooklin, na avenida Faria Lima e parte do bairro de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo.

 

Funciona assim: todos os dias, os grupos, de no mínimo duas pessoas, enviam os seus pedidos até às 10 horas e começam a receber as marmitas a partir do meio-dia. Cada pessoa pode escolher um prato diferente dos demais. Ao todo são 116 opções. Há comida típica brasileira, oriental, árabe, mexicana, vegetariana e light.

 

 

Eventualmente a entrega pode ser feita para apenas um integrante do grupo

 

 

Para incentivar a disciplina dos clientes, o empresário afirma que dá compensações. Se 10 pessoas fizerem o pedido, por exemplo, todos ganham a bebida, que pode ser suco, refrigerante ou chá em caixa ou garrafa de um litro. Às sextas-feiras a sobremesa é de graça. Se forem pedidas 40 refeições na semana, o grupo ganha massagem.

 

 

Atualmente, eles vendem a média de 1.100 marmitas por mês e atendem 85 empresas. Os empresários esperam faturar R$ 400 mil neste ano, com lucro de R$ 100 mil.

 

 

Os preços variam de R$ 15 (tradicional comercial feito com filé de frango ou linguiça mais arroz, feijão, batata e salada de acompanhamento) a R$ 35 (combo de comida japonesa com niguiri, hossomaki, uramaki e sashimi de salmão). Eles não cobram taxa de entrega, e o pagamento é mensal. Cada cliente tem uma conta cadastrada e pode conferir seus gastos.

 

Fonte: Economia Uol

Deixe seu comentário