Publicidade

Food Service

Notícia

Empreendedores criam franquia de delivery de comida light

A ideia inicial era servir pratos de comida caseira, mas, quase um ano depois, o restaurante passou a servir pratos “fitness”

27/05/2015

A franquia BR Fitness Delivery foi criada no ano passado, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. Everton Fonseca, um dos sócios da marca, resolveu largar o emprego de representante comercial e comprar um restaurante da cidade.

 

A ideia inicial era servir pratos de comida caseira, especialmente no almoço. Depois de quase um ano, Fonseca e o sócio Rodrigo Silva resolveram mudar o rumo do negócio. “A gente pratica esportes e sentiu a necessidade de fazer algo mais saudável”, diz.

 

A princípio, o restaurante passou a ter pratos “fitness”. Deu tão certo que a dupla decidiu mudar o nome do local e apostar nas entregas de comida balanceada. “A gente personalizou tudo para essa pegada de alimentação saudável. Quando pensou em formatar a franquia, o delivery pareceu a melhor opção. É difícil comer saudável no trabalho ou viajando e ainda custa caro”, diz.

 

Boa parte dos pedidos é feita pelas redes sociais e pelo WhatsApp. “Os clientes podem pedir pelo telefone e estamos criando um app também”. São 17 opções de pratos, incluindo arroz integral, peito de frango, peixes e carne de soja.

 

O item mais caro custa R$ 15,90. “A gente quer incentivar as pessoas a fazerem ao menos uma refeição saudável por dia”, diz. No sistema de franquias, o empreendedor deve atender de segunda a sexta e pode oferecer todas as refeições diárias, do café à ceia. “O carro-chefe deve ser o almoço”, afirma.

 

Todas as refeições são preparadas e entregues no mesmo dia. A empresa não trabalha com marmitas congeladas. “É tudo fresco, sem congelamento, mas nossa embalagem pode ser aquecida em microondas ou congelada”, afirma.

 

Além da matriz, a marca tem mais uma unidade e está em negociação com outras quatro. “A gente trabalha em espiral e a ideia é ir pegando a região em que estamos e expandir aos poucos para o Brasil inteiro. O plano é estar com dez franquias até o final do ano”, diz.

 

O investimento inicial da franquia é de R$ 52 mil reais. Fonseca calcula que as unidades devem faturar até R$ 60 mil ao mês. O prazo de retorno médio do capital inicial é de 18 a 24 meses. (PEGN)

Deixe seu comentário