Publicidade

Food Service

Notícia

Em momento de crise programa ensina a reduzir e cortar gastos

Projeto do Sebrae ajudou mais de 100 pequenos negócios a reeducar sua maneira de consumir e gastar

15/10/2015


Muitos empresários conseguiram cortar custos e aumentar o faturamento com uma lição simples que eles aprenderam com o Sebrae. 


Em Betim, na Região Metropolitana de Minas Gerais, Vania Viana, dona de uma padaria e Matheus Freitas, proprietário de uma choperia, participaram do “Programa de Redução de Desperdício”. 


Mais de 100 pequenos negócios em 40 cidades do estado foram beneficiados desde 2010. 


Tiveram economia de água, energia elétrica, matéria-prima, resíduos e poluição. 


E ganharam mais produtividade, qualidade ambiental, satisfação do consumidor, competitividade e lucro.

As medidas foram bem simples e de alto impacto. Na choperia, os alimentos passaram a ser cortados e pesados. 


Só com a economia de R$ 1,5 mil em alimentos, que antes eram desperdiçados, é possível comprar 58 quilos de filé mignon, 480 abacaxis ou 750 bandejas de morango. 


E com um corte ali outro aqui, a conta de água caiu de R$ 900 para R$ 600 por mês e a de luz de R$ 3 mil para R$ 1,8 mil.
Na padaria, o desafio foi o mesmo: reduzir todo o desperdício. 


A conta de água caiu 60%. Isso porque as gotas que pingam do ar condicionado são armazenadas e a água é depois usada para lavar o chão.

Para cortar os gastos com energia, os empresários substituíram dez frezeres por uma única câmara fria, com um só motor. Por mês, a redução foi de 30%.

No final, somando tudo, com o programa do Sebrae a padaria economizou R$ 80 mil por ano e a choperia quase R$ 45 mil.

 

 

 

Fonte: Revista PEGN
 

Deixe seu comentário