Food Service

Notícia

Doce Fado

Dá uma nova cara ao mercado de doces e pães portugueses no Brasil

23/10/2015

No ano de 2011, o chef português Paulo Cordeiro atravessou o Atlântico trazendo para o Brasil mais de 25 anos de experiência em confeitaria e panificação portuguesa. Radicado em Curitiba, o profissional conheceu a tradicional família Romanelli, uma das mais tradicionais no ramo de indústria e distribuição de alimentos no país, e fundou, em 2014, a Doce Fado – Padaria e Doçaria Portuguesa.  

 

Com pouco mais de um ano de atuação e com dois pontos de venda na cidade de Curitiba, a Doce Fado se destaca ao produzir e distribuir produtos que se mantêm fiéis às tradições seculares da doçaria e padaria portuguesa.  Para garantir a qualidade dos produtos, a empresa importa diversos ingredientes diretamente de Portugal, mantendo a ligação com o país de origem e os sabores inconfundíveis. Atualmente, a Doce Fado trabalha com mais de 30 produtos em sua linha de produção, que podem ser consumidos nas lojas ou levados para casa, com destaque para os tradicionais Pastel de Belém (Pastel de Nata), Pastel de Santa Clara e Toucinho do Céu. “Sinceramente, nós não esperávamos tanto sucesso em menos de um ano. Para ter uma ideia, chegamos a produzir 7 mil unidades do Pastel de Belém por semana”, conta Cordeiro. 

 

 

Expansão Portuguesa

 

Motivada pelo sucesso em Curitiba, a Doce Fado prepara um processo de expansão com novas unidades próprias e, posteriormente, com uma rede de franquias. Já no próximo mês de outubro, a padaria e doçaria portuguesa vai inaugurar sua terceira loja na capital paranaense, que está sendo implantada na Mercadoteca, primeiro mercado gastronômico da cidade. “Na unidade da Mercadoteca já vamos trabalhar com uma unidade modelo para o nosso processo de expansão. Ela será um piloto para os pontos de venda que queremos espalhar pelo Brasil nos próximos anos”, explica Leonardo Romanelli, sócio-proprietário da Doce Fado. 

 


De acordo com o empresário, o projeto de expansão está sendo tratado com muito carinho e atenção pela Doce Fado, tudo para que a qualidade dos produtos e o histórico de sucesso seja mantido em todo o país. “Não adianta expandir por expandir. Queremos que a Doce Fado se consolide como uma referência da gastronomia portuguesa no Brasil. Para atingir esse objetivo, estamos trabalhando com muita tranquilidade para que todos os nossos pontos de venda, sejam eles próprios ou franquias, possam oferecer produtos de excelência”, completa Romanelli. 

 

 

Deixe seu comentário