Food Service

Notícia

Dia da Pizza: 5 combinações de pizzas com vinho

Especialista em harmonizações, o sommelier Rodrigo Bertin, indica os vinhos mais indicados para serem servidos com diversos sabores do prato

10/07/2017

Segundo o especialista em harmonizações Rodrigo Bertin, o vinho é o acompanhamento perfeito para a pizza, ainda mais em dias frios como os deste inverno. “Brinco que a pizza e o vinho foram realmente feitos um para o outro, porque dá para combinar esse prato com diversos tipos de vinhos, é só ter a atenção para os recheios na hora de escolher o vinho”, diz. Para ajudar, o especialista selecionou dicas para combinar com cinco sabores de pizzas bem conhecidos.

 

Mussarela e Marguerita: A dica para a pizza de marguerita vale também para a de sabor mussarela. “Em ambos os casos, a combinação perfeita será com vinhos tintos mais leves, porque vão contrastar com o peso da massa, do queijo e dos molhos. Os vinhos tintos são mais frutados e não vão ser um peso quando combinados com esses sabores”, explica. Algumas das opções são Pinot Noir, Sangiovese e Merlot.

 

Frango com catupiry: Neste recheio temos o frango levemente temperado e o catupiry, que é um queijo cremoso, e também poderia ser combinado com vinhos tintos leves. “Porém para inovar e experimentar um toque diferente, sugeriria experimentar com um vinho um pouco mais pesado, de médio corpo”, acrescenta. Entre as dicas de vinhos, estão o Merlot, Malbec, Tempranillo, Carmenere e até mesmo um Blend.

 

Portuguesa: Neste recheio temos um ponto de atenção devido à quantidade de cebola, ervilha e palmito. Então, a sugestão ideal seria um espumante Brut ou um vinho branco um pouco mais encorpado. “Não recomendaria um vinho tinto mais encorpado porque não ‘conversaria’ muito bem, principalmente, com a cebola”, pondera.

 

Pizza de brigadeiro: Pizzas de brigadeiros ou com recheios doces em geral pedem vinhos também mais doces, então você pode harmonizar com um vinho de sobremesa, como o Colheita Tardia. “Este seria a minha indicação principal, mas você também pode optar por um vinho do Porto, ou os espumantes Moscatel ou Asti, que são naturalmente doces”, finaliza. 

 

Deixe seu comentário