Food Service

Notícia

Depois de manual sobre crise hídrica, ANR alerta restaurantes sobre energia

Associação Nacional de Restaurantes terá guia para bares e restaurantes amenizar os efeitos da crise energética

12/03/2015

A possibilidade de uma crise energética com grande impacto para os brasileiros tem causado preocupação em todo o país. Preocupada com os desdobramentos, a ANR saiu na frente no segmento e, desde agosto de 2014, vem alertando seus associados sobre o tema. No ano passado, criou o “Ciclo de Debates ANR”, que ofereceu palestras sobre a situação do abastecimento de água e energia. Todas as informações colhidas durante os encontros deram origem a dois guias: o Guia ANR para o uso racional da água e o mais novo Guia ANR para a Crise de Energia.

 

“Mais uma vez estamos um passo à frente do mercado oferecendo aos nossos associados um material diferenciado, que pode ajudá-los a contornar a crise com as menores perdas possíveis”, explica Alberto Lyra, diretor executivo da entidade. “Nosso objetivo é levar o maior número de informações para que os bares e restaurantes possam enfrentar as crises de água e de energia que vêm por aí”.

 

O aumento das contas de energia, por exemplo, foi o tema central da palestra do gerente de Marketing e Novos Negócios da AES Eletropaulo, Rogério Pereira Jorge, realizada em setembro do ano passado, na sede da entidade. À época, o executivo apresentou o panorama da distribuição de energia no país e foi categórico sobre o aumento das taxas por conta da crise hídrica e de questões políticas. “Em janeiro, devemos ter em nossas contas um aumento de cerca de 20%”, afirmou no encontro.

 

O Guia para a Crise de Energia para Bares e Restaurantes irá trazer dicas e sugestões da AES Eletropaulo e de vários outros experts no uso racional de energia, além de outras soluções simples que podem ser implementadas no dia a dia para um consumo mais baixo de água e energia nos estabelecimentos.

 

O documento deve ser distribuído para todos os associados até segunda-feira (16) e também ficará disponível no site da entidade (www.anrbrasil.org.br).

 

Deixe seu comentário