Food Service

Notícia

Consumo de cogumelos secos aumenta no Brasil

A La Violetera aponta que, o crescimento, nos cinco primeiros meses do ano foi superior a 34%, em comparação com 2013

24/10/2014

Rico em nutrientes e agradáveis ao paladar, os cogumelos, ou funghis, estão cada vez mais presentes na mesa dos brasileiros. Esse grande mercado em diversos países tem atraído muitos adeptos nos últimos anos. Um dado divulgado pela Ceagesp, recentemente, aponta que, em cinco anos, a comercialização da iguaria cresceu aproximadamente 80%.

 

As empresas também apontam essa tendência. Segundo o diretor geral da Importadora de Frutas La Violetera, detentora das marcas La Violetera, Mastroiani e La Preferida, Félix Boeing Jr. as vendas da empresa cresceram cerca de 34% de janeiro a maio de 2014, em comparação ao mesmo período do ano passado.

 

“Estamos vendo uma mudança no perfil de consumo”, explica. De acordo com o executivo, as pessoas estão investindo na cozinha como um hobby e, com isso, têm buscado por produtos diferentes, com qualidade Premium, para incorporar em suas receitas. Haja visto o que também foi sentido com os azeites, acetos e atomatados.

 

A La Violetera trabalha atualmente com três tipos de cogumelos o Funghi Secchi, Shimeji, Shitake. “O mais vendido ainda é o Secchi, mas o aumento pela procura aos outros tipos também é observada”, ressalta. “Os cogumelos têm baixo teor de gordura, além de dar um bouque especial aos pratos”, comenta.

Deixe seu comentário