Food Service

Notícia

Conheça os prós e contras do setor de alimentação

Saiba quais são as vantagens e desvantagens na hora de investir em determinado negócio

06/10/2017

Sete em cada dez empreendedores escolhem o segmento de alimentação para investir. O consultor Sérgio Molinari destaca que a demanda é o primeiro fator a favor desse negócio. As pessoas consomem todos os dias comidas e bebidas.

 

Também é um negócio que dura em média 10 anos, com um lucro a longo prazo. Além de ter poucas barreiras de entrada no mercado, já que não é necessário um grande capital, nem é patente e tecnologia que dificultem. E por último, é um tipo de negócio, onde o consumidor é ávido por novidade.

 

Com relação aos contras, o consultor destaca que, o primeiro erro é que abrir um restaurante. É mais complexo do que se imagina. É preciso lidar com gente, com comida, governo e manutenção. Também é preciso saber que é um negócio muito mais competitivo e que as margens de lucro também são menores do que se imagina, em torno de 6% a 15%.

 

Outro elemento é o capital de giro. Muitos empresários abrem restaurante só com o dinheiro do investimento inicial e não pensam no dinheiro para sustentá-lo por um tempo. Isso é um fator crítico para o sucesso do negócio. A carência da mão de obra é um ponto delicado também. Existe uma falta significativa de profissionais qualificados para esse tipo de negócio.

 

A boa notícia é que dá para equilibrar os prós e os contras, buscando informação na internet e visitando outros restaurantes que possam inspirar. Outra sugestão do consultor é investir em dois ou três funcionários realmente qualificados.  “Tenha também como opção para completar seu time, bons perfis de pessoas mesmo que seja necessário desenvolvê-las para o trabalho”, alerta. (Fonte: PEGN)

Deixe seu comentário