Food Service

Notícia

Como seu restaurante pode faturar mais com a Copa do Mundo

A expectativa para a Copa do Mundo é de que 68% dos bares e restaurantes poderão ter suas vendas aquecidas

11/06/2018

Prato do Boteco Posto 15

Durante a Copa do Mundo em 2014, a Abrasel calculou que o movimento nos bares cresceu em média 70% durante as partidas da seleção, sendo que alguns chegaram a aumentar 100% do faturamento. O evento gerou cerca de R$ 30 bilhões à economia brasileira, de acordo com a estimativa da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). 

 

A expectativa para a Copa do Mundo é de que 68% dos bares e restaurantes poderão ter suas vendas aquecidas, segundo dados da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito). O momento é uma ótima oportunidade de, além de aumentar o faturamento, de trazer novos clientes para seu negócio.

 

O primeiro passo é o planejamento, com definição de cardápio, horários de atendimento, definição da lista diferenciada de compras e equipe escalada, pois muitas coisas sairão da rotina do estabelecimento. O ideal é que as atrações para datas comemorativas sejam organizadas com antecedência, mas para quem deixou para última hora precisa correr contra o tempo.

 

Fonte: Panelas da Casa

 

Tudo começará pelo cardápio. As pessoas querem viver novas e inusitadas experiências. É aí que entra a criatividade, mas para criar os pratos pense que as pessoas estarão entretidas com os jogos, em momentos de descontração, e a melhor opção são pratos fáceis e confortáveis de comer, como aperitivos, porções e canapés.

 

O tema é muito importante também. Solte a imaginação para criar receitas inspiradas nos pratos dos países participantes da Copa com nomes atrativos e criativos.  Essas novidades agradam e atraem mais consumidores para o restaurante. Definidos os novos itens do menu é a hora de montar a ficha técnica e planejar a lista de compras.

 

Ao montar os pratos é importante considerar os produtos sazonais e com melhores preços no momento. Vale ressaltar que a ideia é que sejam apenas inspirados nas receitas originais, não uma cópia fiel, já que alguns paladares são diferentes do brasileiro e muitos ingredientes regionais. As receitas também podem ser adaptadas para utilizarem alimentos com preços promocionais, por exemplo.

 

O menu de bebidas é um que mais vão chamar a atenção e gerar uma boa oportunidade de lucro com drinks personalizados, especiais da casa, podendo também serem inspirados em bebidas de outros países. Invista na apresentação dos pratos e drinks. Para os estabelecimentos mais populares a melhor pedida é chopp e cerveja, assim como a caipirinha. Monte ainda combos promocionais que estimulem o consumo.

 

Fonte: Manekineko Itanhangá

 

Invista na decoração, pois, assim como nos pratos, o visual chama muita atenção e enchem os olhos do cliente. Para decorar, pense primeiro no perfil de seu público. Se forem jovens, escolha uma decoração mais ofuscante, se for um público mais velho, aposte em um estilo clássico, por exemplo. A definição também será diferente para um público mais sofisticado ou popular.

 

Solte a criatividade mas com cuidado para não sair da proposta da casa. Cheque suas instalações para exibir os jogos, a estrutura sonora e certifique-se de que está tudo funcionando e preparado para emergências. Os novos pratos também precisam ser testados e provados antes.

 

Depois de todo este trabalho é necessário divulgar o máximo possível para que todos saibam de sua programação e cardápio especiais. Utilize diferentes canais como mídias sociais, whatsapp e e-mail marketing. Você também pode investir em anúncios no google. Aposte também em cardápios digitais.

 

O próprio estabelecimento deve estar sinalizado com cartazes, displays de mesa ou faixas para atrair os clientes e novos frequentadores. Promova também eventos específicos fora da programação dos jogos para atrair interessados em provar o cardápio especial mesmo que prefira assistir aos jogos em casa.

 

 

Deixe seu comentário