Food Service

Notícia

Como aumentar a lucratividade do seu restaurante

Por Gilmar Horacio*

23/07/2014

Pense no seguinte caso: Você tem um restaurante por Quilo. Seu estabelecimento vende em média 60 refeições por dia e você quer aumentar esse número e também o ticket médio por cliente.

 

Uma sugestão é investir na qualidade e na quantidade dos pratos oferecidos. Aumente a quantidade de ofertas no buffet, por exemplo: 20 tipos de saladas e 20 tipos de pratos quentes. Dessa forma, aumentam-se as chances dos clientes gastarem mais na hora de encher o prato.

 

A ideia é simples: quanto maior a variedade de comida, mais o cliente coloca no prato. Como a cobrança é por quilo, a intenção é fazer o prato pesar mais. Já a melhora da qualidade e a grande diferenciação de pratos ajudam a atrair público e, por consequência, a aumentar valor das vendas.

 

Como elevar o Ticket Médio?

O ticket médio é o resultado do total de vendas dividido pelo número total de clientes atendidos em determinado período. Se uma loja vendeu R$ 28 mil em produtos, em um mês, para mil clientes, então o ticket médio dela é de R$ 28.

 

Aumentar o ticket médio é fazer o mesmo grupo de clientes comprar mais. E analisar o do ticket médio é uma das ferramentas mais importantes para mensurar a lucratividade dos estabelecimentos.

 

·         1 – Aumente a Variedade

Tenha um mix de produtos variados, inclusive com faixas de preço diferentes, mas que se complementem. Assim, aumentam as chances de o cliente levar mais de um item.

 

·         2 – Tenha Complementos

Apresente complementos para o que o cliente foi comprar a princípio. Ofereça oportunidades e benefícios, como por exemplo sobremesas mais sofisticadas ou grelhados diferenciados.

 

·         3 - Diferencie-se

Se o consumidor percebe que determinado produto ou serviço tem qualidade ou algo que os demais concorrentes não possuem, ele valoriza e se dispõe a pagar mais.

 

·         4 - Atenda bem

A equipe deve conhecer muito bem o público alvo e os produtos oferecidos pelo estabelecimento, além de ter conhecimento da estratégia da empresa. Os funcionários devem estar engajados com o plano, sendo orientados e estimulados a se empenharem. Para isso, pode-se usar, por exemplo, um bônus variável ligado ao aumento do ticket médio.

 

Essas inovações precisam ser constantes, pois são uma forma dos estabelecimentos se diferenciarem, caso contrário, as pessoas enjoam da comida e não voltam.

 

Outro fato importante a ser levado em conta é: se o consumidor percebe que o produto de duas lojas são muito similares, e não vê grandes diferenças entre ambos nem entre os serviços e outros benefícios oferecidos, ele vai atrás do menor preço.

 

Por outro lado, se o consumidor percebe que determinado produto tem algo que os demais não possuem e que ele valoriza, ele se dispõe a pagar mais, comenta com os amigos, gera mais vendas e aumenta a lucratividade desse estabelecimento.

 

*Formado em Comunicação Social, Pós-graduado em Gestão de Negócios e Green Belt Six Sigma na condução de projetos empresariais, Gilmar Horácio passou por importantes empresas do setor, como Yakult, Ambev, Sadia e BRF. O diretor do Grupo OC também realizou trabalhos na JBS e é consultor do Grupo Petrópolis.

Deixe seu comentário