Food Service

Notícia

Bares e Restaurantes precisam de fornecedores que entendam suas necessidades

Por Gilmar Horácio*

29/08/2014

Hoje, mais do que nunca, os empresários do setor de transformação de comida e fornecimento de bebidas precisam de parceiros comerciais que entendam suas necessidades.

 

Atualmente o preço dos produtos já não é a condição mais importante na escolha de um fornecedor, muitos dos clientes tem equipes muito enxutas ou  são extremamente pequenos e nesse cenário quanto mais serviços o fornecedor prestar, maior será a aceitação do cliente nas propostas que lhe serão apresentadas.

 

Incentivos e serviços simples que os donos de bares e restaurantes esperam de seus vendedores:

 

- Prazo de pagamento;

- Entrega qualificada e no caso de produtos refrigerados, que respeitem a cadeia do frio, preservando assim a qualidade dos produtos;

- Gestão de estoque;

- FIFO de produtos;

- Promoções, apoio de mídia, sugestões de ações – precificação – exposição de produtos (se for o caso);

- Material promocional – quando possível de se aplicar e aqui vale um adendo: quanto melhor a qualidade e maior sua beleza, maior a sua aceitação.

- Equipamentos de refrigeração, comodato de vasilhames, mesas, cadeiras e etc.

 

Um serviço excepcional que excede expectativas é o acompanhamento de indicadores comerciais, coisa rara entre a maioria dos vendedores é um consultor de vendas  que preste contas aos donos de estabelecimentos, sobre o resultado de suas vendas e do lucro obtido com o produto adquirido.

 

Com certeza quem executa, tem uma grande oportunidade de demonstrar até onde está comprometido com o parceiro de negócios e com o sucesso do seu empreendimento, estreitando assim o relacionamento e participando ativamente do seu crescimento.

 

O importante nessa relação é o entendimento que somente o sucesso de ambos, pode promover o crescimento.

 

Os fornecedores que entenderem isso saem na frente na preferência dos compradores.

 

*Formado em Comunicação Social, Pós-graduado em Gestão de Negócios e Green Belt Six Sigma na condução de projetos empresariais, Gilmar Horácio passou por importantes empresas do setor, como Yakult, Ambev, Sadia e BRF. O diretor do Grupo OC também realizou trabalhos na JBS e é consultor do Grupo Petrópolis.

Deixe seu comentário