Publicidade

Food Service

Notícia

Associações do comércio e do setor food service se reúnem para definir regulamentações

A União Nacional de Entidades de Comércio e Serviços tem como foco para este ano regulamentar meios de pagamento, terceirização e simplificação

22/09/2015

 

Representantes das sete entidades que integram a União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS) se reuniram na manhã do último dia 16 durante a 49ª. Convenção Abras, realizada em Atibaia, São Paulo, para alinhar ações e prioridades para este final de ano e para 2016. Dentre os assuntos tratados, segundo o coordenador da Unecs e presidente da Abras Fernando Yamada, estavam as prioridades que serão trabalhadas pelo grupo, junto ao Legislativo e que constituem temas em andamento e relevantes para os setores afins.

 

“Neste momento estabelecemos foco em temas como trabalho intermitente, regulação dos meios de pagamento, e terceirização, além de temas que já estamos trabalhando como simplificação”, informou.

 

A entidade, que nasceu em agosto do ano passado, está se estruturando e entre outras ações a partir de julho passou a contar com o apoio de uma consultoria legislativa. Assim, a UNECS pode ampliar o número de demandas que serão monitoradas e trabalhadas periodicamente junto aos órgãos do governo e à Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo.

 

“Estamos focando esforços também nos temas de grande magnitude, como reforma tributária e trabalhista. Mas para isto, solicitamos estudos por parte de especialistas de nossas entidades e do mercado para propormos um modelo adequado e com oportunidades para chegarmos a um consenso”, complementou Yamada.

 

A Unecs é formada pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Associação Nacional de Materiais de Construção (Anamaco), Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Essas entidades juntas somam: faturamento de R$ 837,7 bilhões, com geração de 9,91 milhões de empregos no País (20,3% dos empregos formais). Além disso, a UNECS é responsável por 73,7% das vendas de alimentos e bebidas no País e responde por 64,9% das operações de crédito e débito.

 

 

 

Fonte: Abras

Deixe seu comentário