Food Service

Notícia

Aprenda em cinco simples passos a criar ou manter um negócio

Confira algumas dicas que vão te auxiliar para que o seu restaurante não apenas sobreviva, mas que faça parte dos poucos que se tornam um grande sucesso

10/08/2015

Abrir o próprio restaurante é o sonho de muitos empreendedores no Brasil e ao redor do mundo. Normalmente esse sonho é alimentado pelo glamour, que está relacionado a este negócio, e a alta rentabilidade que este pode vir a oferecer. Porém quem realmente já viveu a experiência de gerir um restaurante sabe que este é um trabalho árduo, que demanda muito esforço e dedicação por parte dos envolvidos.


Quando falamos desse setor as estatísticas quanto a sobrevivência do negócio não são muito animadoras. De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), cerca de 35% dos novos empreendimentos fecham antes do primeiro ano, quase 50% não se mantêm por dois anos e apenas 3 entre 100 restaurantes sobrevivem aos primeiros dez anos de funcionamento.


É por isso que levantamos algumas dicas, que vão te auxiliar para que o seu restaurante não apenas sobreviva, mas que faça parte dos poucos que se tornam um grande sucesso!


1 - Planeje o seu negócio
O primeiro passo para alavancar o seu restaurante é, sem dúvidas, separar um tempo para trabalhar no planejamento do mesmo. Em um mercado tão competitivo como este, fica difícil pensar em crescimento sem antes ter sido realizado um planejamento de qualidade. Você deve fazer um planejamento completo do seu estabelecimento, incluindo planos de gestão, operacional e financeiro, além de uma análise dos seus competidores e um plano de marketing. Todo esse Plano de Negócios servirá para direcionar seu estabelecimento e auxiliará em futuras tomadas de decisão.


2 - Conheça o seu público
Você deve definir e conhecer o seu público alvo pois, não adianta pensar que o produto que você oferece se enquadra nos gostos e expectativas de todas as faixas etárias e classes sociais. Estruture e direcione o seu marketing para que o seu público alvo, já definido, seja alcançado da forma mais eficiente possível, mantendo sempre atualizadas as informações sobre sua vizinhança, pois o tipo de pessoas e o ambiente no qual o seu restaurante está inserido pode vir a mudar drasticamente em um curto período de tempo. Através dessas práticas você será capaz de definir com mais clareza quem são os seus potenciais clientes.


3 - Treine a sua equipe
Não se constrói um restaurante de qualidade sozinho, sendo assim, deve-se sempre presar pelo desenvolvimento e alinhamento da sua equipe, pois todos devem estar motivados em busca dos mesmos objetivos para a empresa. Por isso, um contínuo treinamento da equipe é tão importante, os funcionários de restaurante ficam mais entusiasmados quando aprendem algo novo que os ajudará a realizar, de forma melhor, o seu trabalho; o que influencia, diretamente, de forma positiva no atendimento ao consumidor. Esteja, também, sempre disposto a ouvir o que a sua equipe tem a dizer, muitas vezes eles são capazes de enxergar coisas importantes, que passam despercebidas pelos seus olhos.


4 - Prepare o ambiente
Todo o ambiente e o Layout do seu restaurante, desde a pintura e a decoração, até a disposição das mesas dentro do espaço do salão, devem ter harmonia, tendo sido pensados e desenvolvidos para atender ao seu público alvo. O ambiente não pode ficar, nem muito além e, muito menos, aquém das expectativas e necessidades deste seu público. O seu restaurante deve proporcionar uma experiência única e acolhedora para o seu cliente, fazendo com que este realmente se sinta em casa e tenha vontade de voltar e indicar seu estabelecimento.


5 - Cuide da segurança e da higiene
Tenha sempre um cuidado especial com a segurança dos seus funcionários e com a higienização, no estoque e na manipulação dos alimentos, atentando sempre para as exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Primeiramente, tente mapear as atividades que envolvem algum tipo de risco ao seu funcionário, como a manipulação de facas, fritar alimentos ou, até mesmo, abrir uma lata; em algumas dessas atividades, é indispensável a utilização de equipamentos de segurança. Sendo assim, durante os treinamentos da sua equipe, busque reforçar a necessidade de se tomar as devidas medidas de segurança, pensando sempre na melhor forma de fazer com que seus funcionários lembrem delas, como, por exemplo, a utilização de cartazes explicativos. Além disso, vale a pena ressaltar que a maior parte das intoxicações causadas pela ingestão de alimentos podem ser evitadas com apenas uma atitude simples: lavar as mãos periodicamente. Torne a segurança e a higiene partes da cultura do seu restaurante.

 

Com essas 5 dicas, é possível estruturar o seu restaurante de forma segura e planejada para atingir um público cada vez maior e satisfeito com o serviço prestado pelo estabelecimento. Para isso, esteja também sempre atento aos exemplos do dia-a-dia que podem servir como um aprendizado, observe quais estabelecimentos fazem sucesso e o porquê dos clientes sempre voltarem.

 

Fonte: fluxoconsultoria.com

Deixe seu comentário