Publicidade

Food Service

Notícia

11 de Agosto Dia do Garçom

Conheça a origem, o momento em que a profissão se valorizou, o que é necessário para ser um garçom reconhecido e mais

11/08/2015

 

O conceito da palavra garçom vem do francês garçon, que significa “rapaz ou garoto”. Na língua portuguesa, o termo significa “funcionário de estabelecimento de restauração ou de hotelaria que serve os clientes nas mesas ou ao balcão”, segundo o dicionário Aurélio. Os brasileiros começaram a associar a palavra como profissão quando viam os franceses chamando de garçon os jovens atendentes de bares e restaurantes.

No país, o dia do garçom é comemorado em 11 de agosto. A data celebra um dos profissionais de grande importância para qualquer estabelecimento gastronômico. “O garçom representa o nome e a proposta da empresa. O seu atendimento tem como base as técnicas e conhecimentos dos produtos servidos pelo empreendimento”, explica Gilson Rosa, docente do Centro Universitário Senac – Campos do Jordão na área de alimentos e bebidas.

Embora a arte de servir seja muito antiga, o trabalho do garçom só passou a ser valorizado a partir da urbanização e a formação dos bares e restaurantes. Nas tabernas, que eram comércios ou casas de famílias que atendiam os forasteiros e os pousos de passagem, as meretrizes e taberneiros já serviam porções de alimentos e bebidas a seus comensais.

 

As funções de um garçom

O ato de atender e vender é apenas a atividade básica de um garçom. Entre as outras funções que podem ser desenvolvidas pelo profissional, se destacam: higienizar e organizar seu setor de trabalho, preparar bebidas, gerar hospitalidade no processo de atendimento ao cliente, ser comunicativo e estar de prontidão para o ato de servir.

 

Mercado de trabalho para este profissional

Na atualidade, o mercado de atuação do garçom é extenso. O profissional pode atuar em bar, café, restaurante, eventos, room service, entre outras frentes. No entanto, suas ações diferem de um setor para o outro. “O importante é saber identificar o cenário de trabalho de acordo com o menu e suas necessidades de serviço a ser realizado”, afirma o professor.

No Brasil, o salário varia de acordo com as regiões. Inicialmente, podem atingir de R$ 900,00 e chegar a R$ 2.200,00, sem contar com taxa de 10% (quando repassada). Outras ofertas de trabalho chegam a realidades melhores em termos de salário e benefícios.

 

Quais as competências necessárias para o exercício da profissão?

A profissão de garçom exige controle emocional e capacidade de negociação, pois a atividade lida com diversas situações entre os clientes e colegas de trabalho. O garçom deve saber mobilizar seus conhecimentos para desenvolver as tarefas de forma prestativa.

Ainda é importante que o profissional seja cortês, organizado, ágil, flexível, responsável e proativo. Ele é responsável pelo bom atendimento e agilidade no serviço de qualquer restaurante.

 

O que precisa ter para ser um garçom?

Não é necessário ter formação para trabalhar como garçom. No entanto, profissionais qualificados conseguem se destacar no mercado de trabalho. Além da qualificação, eles devem saber se comunicar e desenvolver técnicas de venda.

 

 

Fonte: jornaljoseensenews.com.br

Deixe seu comentário